Barra Topo Nacional Consultas
Dicas para Limpar Nome Sujo

10 dicas para limpar o nome dos órgãos de proteção ao crédito

Não existe algo mais precioso que o nome, pelo menos muitos consumidores fazem de tudo para mantê-lo limpo e longe das dívidas. No entanto, ninguém está livre de contrair dívidas, seja por descuido próprio ou por efetuar uma compra para terceiros. Para limpar o nome, bastar prestar bastante atenção às dicas a seguir.

 

1. Tente negociar diretamente com o credor

Quando você recebe uma carta de notificação dos órgãos de proteção ao crédito, o primeiro passo é tentar identificar e reconhecer a dívida. Logo depois, é aconselhável procurar o credor para que você e a empresa interessada possam acertar uma negociação que não lhe cause danos e nem extrapole o seu orçamento. Limpar o CPF com o credor é muito proveitoso.

2. Efetuar compras para terceiros é um perigo

Muitas pessoas emprestam o nome para ajudar um amigo ou parente e isso é um perigo, uma vez que o consumidor ajudado pode não honrar com os pagamentos no tempo estabelecido. A consequência disso é o envio de seu nome para os serviços de proteção ao crédito.

3. Cuidado com os bens supérfluos

Claro que todo mundo aproveita a oportunidade de comprar um bem supérfluo, tal atitude faz até bem quando feito com controle e total consciência da vida financeira. No entanto, tenha muito cuidado para não criar dívidas à toa, com produtos que não fazem diferença em sua vida.

4. Campanhas

As campanhas de fim de ano são ótimas oportunidades, pois várias empresas oferecem condições de negociação das dívidas, inclusive por conta do 13º salário.

5. Atenção com o orçamento

Atentar-se ao orçamento e saber o que será gasto e o que pode ser poupado para uma eventual ocasião (urgência) é uma dica valiosa.

6. Cuidado com os empréstimos

É preciso tomar cuidado com os empréstimos, pois por mais que eles salvem a situação da dívida, o consumidor contrai um novo débito e isso acaba se transformando em um círculo vicioso.

7. Cobranças por telefone

Muitas pessoas recusam ligações de cobrança, mas eis aí uma chance de quitar as dívidas. As financeiras têm muitas formas de negociação e de livrar o seu nome do débito.

8. Equilibre as contas

Sempre há aquelas contas que não podem deixar de ser pagas (contas de consumo residencial, por exemplo). Analise os débitos e veja o que não pode deixar de ser quitado.

9. Adie alguns planos

Adiar alguns planos para quitar uma dívida não é dar um passo para trás, mas uma atitude que vai proporcionar a quitação dos débitos e limpar o seu nome.

10. Nunca desiste de negociar

Embora a solução para quitar a dívida possa parecer distante, nunca desista de negociar e limpar os nomes. O que mais interessa aos credores é a quitação. As empresas e as financeiras sempre mandam propostas que podem ajudar bastante a quem deve.

 

Gostou das dicas? Agora o próximo passo é segui-las para conseguir limpar o nome com tranquilidade.

 

Dúvidas? Deixe um comentário.

ESCREVA SEU COMENTÁRIO