Barra Topo Nacional Consultas
1

Meu nome está sujo e agora?

Um dos maiores medos de qualquer cidadão brasileiro é de ficar com o nome sujo.

Para quem não sabe, estar com o nome sujo significa estar negativado nos órgãos de proteção ao crédito. Essas entidades possuem um banco de dados com o CPF de todos aqueles que deixaram de pagar suas dívidas em dia nos últimos 5 anos. São considerados “mal pagadores”. Ao fazer uma compra, solicitar cartão de crédito ou mesmo ao pedir crédito diretamente, toda empresa realizará uma consulta para saber se você está incluído nesses cadastros.

Você deve receber uma notificação por carta antes de ficar, oficialmente, com o nome sujo, por isso é importante manter seus dados atualizados, o tempo que cada empresa leva antes de enviar seu CPF para os órgãos de proteção ao crédito podem variar, geralmente leva 30 dias, mas você pode ser negativado no dia seguinte ao vencimento da dívida. Se existir algum erro e seu nome acabar em um desses órgãos indevidamente, você pode recorrer à Justiça. Este, porém, raramente é o caso; e o melhor remédio para não passar por essa situação é, realmente, evitá-la. Você pode fazer um orçamento e calcular todas as despesas do mês, cuidando para chegar a um equilíbrio financeiro e não se endividar ao final do mês, a dica é sempre pagar as despesas fixas assim que você recebe seu salário, assim evita gastar seu dinheiro antes de pagar suas contas.

Mas o que fazer se você já está com o nome sujo? Primeiramente, você deve realizar uma Consulta CPF ou Consulta CNPJ para saber em quais empresas você está devendo.

A seguir você deverá entrar em contato com o credor e verificar as possibilidades para você quitar a sua dívida, inclusive com um acordo de parcelamento. Nesse caso, cria-se um novo débito e o antigo passa a ser extinto, sendo retirado seu nome dos órgãos de proteção ao crédito após o pagamento da primeira parcela. Outro meio de não ter mais o nome sujo é esperando o período de cinco anos, tempo esse que resulta na prescrição da dívida e portanto, sua extinção nos cadastros restritivos, porém o credor poderá lhe cobrar está dívida a qualquer momento.

Ter o Nome sujo não é um bicho de sete cabeças, por mais inconveniente que seja. Lembre-se que mais de 59 milhões de Brasileiros estão nessa situação, mas basta você querer sair dessa situação que você conseguirá.

Para Consultar CPF ou Consultar CNPJ basta clicar aqui e utilizar os serviços da www.nacionalconsultas.com.br

ESCREVA SEU COMENTÁRIO